2014 um ano de Conturbado nos Cinemas

Filmes épicos, com propostas que fogem da inicial e muita coisa diferente... sera que foi Bom?

Confira uma analise sobre os Filmes Épicos de 2014, e suas jornadas durante todo o ano... Confira:



Com varias propostas de filmes épicos, que na realidade não passaram de uma chance para diretores mostrarem suas crenças distorcidas dos fatos outrora narrados!


Tivemos épicos que com certeza deixou em alguém um gosto amargo de decepção confira:

Hércules:


Só Hércules , tivemos 2 filmes, um mais recente com a proposta de mostrar um Hércules mais realista (uma tendencia odiosa em alguns casos), e o primeiro, bom uma versão light de Espartacus, cujo o 3d do título, só foi visto numa única cena...

Com uma trama que passa longe de qualquer versão de Hércules ja vista, Hércules 3d Decepciona até os fãs dos desenhos da Disney...  A história da origem do herói grego mítico. Traído por seu padrasto, o Rei, e exilado e vendido como escravo por causa de um amor proibido, Hércules deve usar seus poderes formidáveis ​​para lutar contra o seu caminho de volta ao seu reino de direito o Filme passeia por versões para criança de Espartacus a uma bela historia de amor para quem curte o gênero.

The Rock: o Hercules


Confesso que quando se trata de Dwayne Johnson, sempre recebo o filme com os dois pés atrás e o rosto virado, não que ele seja um ator mediócre (ou por ele ser), mas sim pelo fato de que sempre que ele esta presente em um projeto, tudo gira em torno dele, o Papel, é sempre o mesmo, franquia não existe e todo o resto desanda (vide G.I. joes, ou Velozes e furiosos que agora é muito mais trama policial do que corrida de carros):


A Trama o semi-deus Hércules (Dwayne Johnson, sim ele é o semi Deus, não o personagem), filho de Zeus, tem uma vida de sofrimento há 400 anos. Após realizar os doze trabalhos, (que na verdade são mostrados em forma de reflexão, e não como exatamente teriam ocorrido)  e perder toda a sua família, este homem encontra seis mercenários, que tiveram vidas igualmente difíceis. Ele rapidamente se junta ao grupo, e eles partem em busca de qualquer trabalho, contanto que exista uma remuneração. No caminho, são obrigados a matar diversas pessoas. Um dia, o Rei da Trácia contrata Hércules e seus colegas para treinar seu exército, na intenção de torná-los sanguinários e imperdoáveis. Mas até onde Hércules está disposto a ir para cumprir a tarefa? a Resposta é ZZZZZZZZzzzzzzzzzzzzzzzzz!

Épicos Biblicos:


E claro tivemos épicos baseados na Bíblia, mas sem quase nenhuma base bíblica, alguns ateus podem dizer, mas é ficção adaptada como o próprio texto original (fazendo alusão a bíblia ser uma ficção)...

 Mas quando se trata de algo do Nicho acho que deve se levar em consideração que, o que se espera é algo com o minimo de fidelidade possível, e não adaptações de como o diretor imagina que algo teria acontecido para explicar algo inexplicável, ou tramas politicas para explicar, algo que o diretor apenas quer contextualizar para os dias de hoje, para sua obra ser mais Cool...

Comecemos com Noé...



Com uma controversa versão o diretor avisava desde o inicio que o filme não se tratava de uma versão exata dos textos bíblicos mas de uma adaptação livre... porem qualquer pessoa que fosse ver algo tão temático, não estaria preparado para algo tão... Diferente...

Noé é apresentado, como um cara quase obcecado, Deus nunca é mencionado pelo Nome, uma filha adotiva foi adicionada na família do personagem, Noé deixou de salvar uma possível esposa de seu filho, fazendo com que possivelmente ele tivesse que ficar sem esposa (forever), sem contar que por não salva-la permitiu com que ela fosse morta pisoteada por uma multidão algo bem marcante, sem contar que o personagem enlouqueceu durante quase todo o filme e queria matar os próprios netos ...
E claro além da trama politica de um vilão, tivemos Golens sim gigantes de pedra para explicar o que na visão de muitos não precisava ser explicado... Bom na minha opinião, ninguém estaria preparado para esta versão de Noé... se fosse para ver um filme de ação era melhor não dar a ele uma temática bíblica...


Mais claro agora tivemos Êxodo... mais um filme Bíblico (sem a temática bíblica)





Com a proposta de mostrar uma guerra quase politica entre Judeus e seu único Deus, contra os Egipicios com seus vários Deuses, a proposta é apresentar de uma maneira quase Terrorista as pragas de um Deus do antigo testamento, Nos apresentam um Moisés Militaristas e discursos que nos fariam pensar no que hoje seria uma inversão de papéis, num olhar fanático-religioso... As pragas, ou a abertura do mar são algo bem Simplório, sem uma grandiosidade de grandes milagres...

Novamente a pergunta fica no ar... Por quanto tempo o povo vai ao Cinema para ver algo que acredita, para na verdade sair da Sala tendo visto apenas o olhar critico do Diretor e mais nada?



Entre os épicos ainda tivemos, Pompéia, que é uma vergonha para quem queria ver um vulcão das proporções em que até o History Chanel, nos brindaria com algo melhor... afinal tramas somente românticas existem aos montes...


Bom estes são apenas alguns dos "Épicos Fails" de 2014, e isso apenas por que nos mantivemos apenas na linha "épicos", por que se fossemos contar com os Reboots...

E você lembra de mais alguma perola deste ano?

    Blogger Comment
    Facebook Comment
 
Copyright © 2013. Tia Nerd Show - All Rights Reserved
Template Created by ThemeXpose | Published By Gooyaabi Templates