Radioatividade - O Brilho da Morte, O Brasil também teve sua grande Crise

Césio 137 - O maior evento Radioativo do Brasil



O Brasil Embora poucos Saibam também é Palco das Situações mais Bizarras que se Possa Imaginar, Temos nossas Próprias Piramides, Tivemos Nossa Própria Grande Invasão de Ovnis, e Claro Infelizmente, tivemos nosso Próprio Evento Radioativo.


Em 13 de setembro de 1987, dois catadores de lixo de Goiânia deram início ao que seria o maior acidente radioativo do Brasil

Ao arrombarem um aparelho radiológico, encontrado nos escombros de um antigo hospital, expuseram toda a Cidade ao  césio 137, um  pó branco que emitia um estranho brilho azul quando colocado no escuro.

 Considerado sobrenatural, o elemento radioativo criado em laboratório passou de mão em mão na Cidade de Goiânia, contaminando o solo, o ar e centenas de moradores da capital.

Foram necessários 16 dias para perceberem que a substância estava deixando um monte de pessoas doentes. Durante esse tempo, a contaminação só se espalhava. Após o desastre, os trabalhos de descontaminação produziram 13,4 toneladas de lixo radioativo entre roupas, utensílios, plantas, animais, restos de solo e materiais de construção. 

Tudo isso foi armazenado em cerca de 1200 caixas, 1900 tambores e 14 contêineres, guardados em um depósito construído na cidade de Abadia de Goiânia, a 24 quilômetros da capital - e lá deve ficar por pelo menos 180 anos.
"O brilho da morte", como o césio foi chamado por Devair Alves Ferreira, primeira pessoa a entrar em contato direto com o elemento, fez centenas de vítimas. Quatro morreram cerca de um mês após a exposição. Entre elas, uma criança de 6 anos, Leide das Neves, considerada a maior fonte humana radioativa do mundo. 

Como já havia de se esperar, ainda mais na época, o evento foi tratado bem a Moda "BR", as pessoas encarregadas de Lidar com a Situação, como descontaminadores e até Policiais encarregados de Impedir a População de se aproximar do Cordão de Isolamento, foram também colocados a Exposição da Radioatividade e acabaram se Contaminando também... Alguns Fatos marcantes se sobressaem como a Reação da População, e sua Reação diante dos Contaminados, que até Hoje ainda sofrem Preconceitos por terem sido expostos a Radiação...

Incluindo a Jovem Leide de apenas 6 Anos, que veio a Falecer após ingerir o Césio 137, que teve seu Caixão apedrejado durante o Enterro, Lembra sua Mãe... O Caixão de Leide por Exemplo, tinha 7 Toneladas de Chumbo, pois Ela foi considerada a maior fonte de Radiação Humana do Mundo, até Hoje.

Confira alguns Vídeos...





Vale Lembrar, que Inclusive o Produtor de um dos Documentarios da Época, também se tornou vitima da Césio 137, por ficar exposto durante as Gravações.

Longo trajeto da luz azul

Em 1987, o césio 137 fez centenas de vítimas durante os 16 dias em que percorreu Goiânia
13/9
Os catadores de lixo Roberto dos Santos e Wagner Mota removem partes de um aparelho usado no tratamento de câncer das antigas dependências do Instituto Goiano de Radioterapia. O objetivo era vender o metal do equipamento para um ferro-velho. Arrombaram a máquina e deram início à contaminação.
18/9
Devair Alves Ferreira, dono de um ferro-velho perto do hospital desativado, compra a peça. No mesmo dia, ele arromba a máquina e entra em contato com 19,26 gramas de césio 137. Ele descobre que a substância, em ambientes escuros, emite uma luz azulada. Encantado, acredita estar diante de algo sobrenatural e leva o pó para casa.
19 a 21/9
Devair recebe a visita de parentes, vizinhos e amigos interessados em ver a misteriosa luz azul. Todos começam a apresentar tonturas, náuseas, vômitos e diarréia - os primeiros sintomas da contaminação radioativa. No dia 19, seu irmão Ivo leva a substância para casa e ela é ingerida por sua filha de 6 anos, Leide das Neves.
26/9
Odesson Ferreira, outro irmão de Devair, entra em contato com a substância. Motorista de ônibus, contamina centenas de passageiros. A frente de seu veículo foi considerada uma alta fonte de contaminação e destruída como lixo radioativo. Enquanto isso, os hospitais entram em alerta com o número de doentes que apresentam os mesmos sintomas.
29/9
Maria Gabriela, esposa de Devair, suspeita que o pó branco seja o responsável pelos sintomas e leva a cápsula de césio para a Vigilância Sanitária. O físico Walter Mendes é chamado e descobre tratar-se de uma substância radioativa. Ele chega a tempo de impedir que os bombeiros joguem a cápsula dentro do rio Meio Ponte, principal fonte de abastecimento da cidade.
30/9
Os técnicos da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) chegam a Goiânia e, junto com a polícia militar, começam os trabalhos de descontaminação. Centenas de pessoas que apresentam os sintomas do contato com o césio são colocadas de quarentena num estádio, o Olímpico, onde passam por uma triagem para identificar o grau de contaminação.
A cápsula
O pequeno objeto guardava 19,26 gramas de cloreto de césio - o césio 137


    Blogger Comment
    Facebook Comment
 
Copyright © 2013. Tia Nerd Show - All Rights Reserved
Template Created by ThemeXpose | Published By Gooyaabi Templates